Tipo 4 – Emoção e Sensibilidade

Porquê a emoção e a sensibilidade são tão intensas no Tipo 4 de Personalidade?

Um dos motivos é porque a estratégia de defesa do Ego do Tipo 4 está organizada para a busca de beleza, requinte e circunstâncias ideais. Está também projetado para perceber o que está a faltar, o que é percebido como da maior importância e ir em busca disso para uma sensação de realização.

De acordo com Claudio Naranjo, a autoimagem do 4 é construída desde muito cedo e está baseada no que eles podiam dizer ou fazer enquanto “pequenos adultos”. Eles receberam atenção pelo que possuíam, como olhos bonitos, o que podiam dizer ou fazer desde uma idade muito jovem, como ser notavelmente articulados, e / ou pelo que realizaram de impressionante e diferente, como tocar Mozart no piano. 

O seu senso de identidade é construído sobre estas coisas … como uma criança de ouro com uma notável habilidade ‘adulta’. O problema surge quando outras crianças começam a recuperar o atraso nas áreas em que os 4 se destacavam.

O que antes era uma forma garantida de ser visto como precoce vai ficando cada vez mais próximo da norma.

Como todas as crianças, os 4 adoram a atenção que recebem pelos seus talentos especiais. Eles aprendem a identificar-se com as maneiras como eram vistos como superiores a outras crianças da mesma idade. Mas quando os 4 crescem em idade e experiência, começam a ver os outros admirados por atributos excelentes que não possuem. Com esta consciência, eles sentem uma sensação irreparável de perda.

O reconhecimento de perder o seu papel e status de elite é devastador para os 4. Eles não sabem o que aconteceu ou porque aconteceu. Eles apenas sabem que já não são mais vistos como notáveis ​​para a sua idade como antes. E nada é mais doloroso para uma criança do que perder a atenção que outrora possuía. 

A confusão surge quando são confrontados com a realidade de que as pessoas parecem valorizar tudo o que é extraordinário e que a atenção se desvia para os outros. Quando os 4 já não se sentem tão extraordinários como eram quando crianças, podem sentir que se tornaram a criança trágica, talentosa e de ouro que não cumpriu o seu destino e as expectativas que os outros tinham deles.

Eles podem começar a sentir raiva e negados injustamente daquilo que outros receberam e sentir-se “roubados” do seu papel e identidade, sem culpa própria.

Os Tipo 4 esquecem que ainda possuem qualidades que os outros não possuem.

Definitivamente, cada 4 tem um sentido estético refinado e distinto e uma sensibilidade artística que continua ao longo da sua vida. Mas este dom é esquecido no momento em que vêem outros admirados por um atributo que desejam possuir. Eles são capazes de ver qualidade nos detalhes de quase tudo, mas sentem-se perdidos, com raiva e desorientados quando identificam algo que está a faltar.  

No nível da personalidade, é uma ajuda para os 4 lembrarem de que possuem essas habilidades únicas e inatas e os seus próprios talentos e senso de individualidade. Isto, por sua vez, ajuda o 4 a manter um senso de identidade de elite. 

Mas a sua estratégia de defesa também está projetada para se concentrar no que está a faltar. E tudo o que eles sentem que está a faltar é percebido como essencial. E, como acontece com todas as nove estratégias de defesa, a luta interna começa novamente. 

O ódio dos 4s pelo dom de outra pessoa não é intencional. Quando observam noutra pessoa o que não possuem, imediatamente sentem-se fundamentalmente inadequados. Eles têm uma sensação dolorosa e aguda de carência que se transforma em frustração crónica. Isto leva ao ódio dos outros que possuem o que eles não possuem. E ao ódio de si mesmos por serem inadequados e não possuírem o que é admirado nos outros e valorizado na vida.

O ódio está voltado para dentro como ódio de si mesmo.

Vai projetar-se depois para os outros para que o 4 possa administrar a dolorosa autoconsciência de ser imperfeito e / ou defeituoso. Mas vem de volta para o 4 em forma de mais aversão a si mesmo.  

Como adultos, os 4s tentam permanecer emocionalmente seguros, mantendo uma imagem de si mesmos que reflita o status de elite que perceberam que tiveram quando crianças. Isto será diferente para cada 4. Mesmo que a infância tenha sido repleta de tristeza e dor, a criança 4 vai esculpir uma imagem distinta de si mesma a partir da sua sensação de perdas na infância.  

A estratégia de defesa vai manter a imagem de ser a ‘elite entre os muitos’ para evitar os esmagadores sentimentos de desespero que estão sempre à espreita logo abaixo da superfície. A saída desta dinâmica é através destas mesmas estratégias de defesa da estrutura da personalidade Tipo 4. Tentar não se usar estas estruturas de defesa inatas do 4 vai criar muito sofrimento e angústia desnecessários. 

Os Tipo 4 concentram-se naturalmente no seu senso espiritual de identidade e anseiam pelo reencontro com o seu senso de origem.

Usando a sua intuição inata e dons espirituais, os 4s podem seguir a sua atenção a mover-se para a sua jornada interior e descobrir aquilo que eles não são, primeiramente.

Quando o 4 atinge estágios elevados de raiva e frustração crónica e o ódio resultante de si mesmo e dos outros, terá a oportunidade de “passar para o outro lado” da raiva e da dor, em vez de “entrar” e ficar preso nesta armadilha, onde “re-experiencia” a dor e a sensação de perda original.

Se o 4 se permitir a jornada para o outro lado, a identidade construída num senso temporal de self que é ao mesmo tempo significativa e sem significado, pode crescer num sentido de self que é “luminescente e omnipresente”. Em vez de estar identificado com o que lhe é negado e a “espiralar” em desorientação, o 4 alcançará um novo senso de equilíbrio num estado de “Ser” e “Tornar-se” contínuos.

Quando os 4 conseguirem lembrar de que não é aquilo que possuem que é único, que não são o que pensam que são, não são o que fazem ou “quem deveriam ser”, eles lembrar-se-ão do seu verdadeiro eu, que já é primorosamente único e eternamente conectado à fonte de tudo no universo pelo qual a sua personalidade tem ansiado.

Assim seja, assim será. Se desejas descobrir se és um Tipo 4 de Personalidade do Eneagrama, podes começar por AQUI

Dedicado ao teu Amor, Autoestima e Poder Pessoal.

Ah, e a Annie Lennox descreve muito bem como se sente um Tipo 4, Instinto Sexual, muitas vezes nas suas relações

Ou ainda…

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.