Voltar a O ENEAGRAMA

Tipo 6 – O Precavido

Tipo 6 – O Precavido

Características Principais

• Antecipam facilmente cenários negativos (não é ser pessimista, mas sim precavido e antecipador de todos os riscos),
• A energia de medo é a sua força fundamental e está suspensa,
• Na sua visão do mundo, este é um lugar ameaçador,
• Responde com a antecipação máxima possível de cenários,
• Desenvolve um diálogo interno muito rígido no sentido de antecipar os vários cenários e mover-se para evitar erros,
• Extremamente eficazes no planeamento, comprometidos e de tendência gregária,
• São indivíduos confiáveis, práticos, empenhados nos seus deveres, rigorosos e leais nos seus compromissos e relações,
• Fazem predominar a lógica e racionalidade,
• Podem ser fóbicos, contra-fóbicos ou um misto de ambos,
• Invulgar capacidade de ler a comunicação não-verbal através dos rostos e expressões das pessoas,
• Especial relação para com a autoridade, em que as regras são para serem respeitadas até que não sejam merecedoras desse respeito,
• Predominância para o confronto e questionamento, o que pode alastrar às pessoas que mais gosta


Mais em detalhe

O mundo acautela-se e protege-se com a antecipação dos Tipo 6.

Todos nós assumimos uma perspectiva de precavidos quando nos encontramos numa situação de risco ou perante decisões que poderão ter um grande impacto na nossa vida. Nesse momento, antecipar cenários negativos não é necessariamente ser pessimista, apenas precavido e antecipador de todos os riscos que possam estar envolvidos, procurando encontrar mecanismos que possam minimizar esses perigos.

A energia de Medo é a força fundamental dos Tipos de personalidade mental (Tipos 5, 6 e 7) e está, no caso do Tipo 6, suspensa. Por esse motivo, essa é uma das características menos fáceis de reconhecer por indivíduos com esta personalidade predominante. Ainda assim os seus comportamentos no sentido de antecipar todos os cenários possíveis visam efetivamente não entrar em contacto com essa emoção, considerando que se todas as possibilidades estiverem cobertas a sua segurança não será posta em causa.

Na sua visão do mundo, este é um lugar ameaçador. Por isso devemos estar precavidos para responder a qualquer situação que entretanto ocorra.

Essa reposta está na antecipação máxima possível dos cenários. Para garantir que esta preparação seja eficiente o Tipo 6 é um especialista a antecipar os piores cenários possíveis.

Esta antecipação é o garante de que nada será deixado ao acaso, reproduzindo uma falsa sensação de segurança, que na prática nunca se manifesta. Por esse motivo, pessoas do Tipo 6 desenvolveram um diálogo interno bastante rígido no sentido de antecipar os vários cenários e procurar pessoas que possam representar esse papel de descontrolo. Perante esta percepção movem-se para evitar o erro e afastar aqueles que podem alimentar esses riscos.

Os Tipo 6 são pessoas extremamente eficazes no planeamento e na antecipação de cenários, comprometidas e de tendência gregária. São indivíduos confiáveis, práticos e empenhados nos seus deveres, rigorosos e leais nos seus compromissos e relações.

A lógica e racionalidade predominam sobre qualquer outra forma de relação. A relação dos nossos instintos com o medo irá gerar três formas de compreender esses comportamentos: uma fóbica, uma contra-fóbica e uma terceira em que um misto de ambas ocorre.

Uma relação fóbica manifesta-se numa certa paralisia por uma necessidade excessiva de análise manifestada pela relação exagerada com o medo. Isto fará com que este perfil de personalidade opte por adiar as suas decisões até ao limite em que a sua análise é conclusiva em relação à antecipação dos cenários. Na relação contra-fóbica a conexão com o medo manifesta-se no seu desafio constante e perante cada momento receoso o instinto de agir é mais forte que esperar que esse medo se manifeste.

Os individuos do Tipo 6 detém uma invulgar capacidade de ler a comunicação não-verbal através dos rostos e expressões das pessoas com quem interagem, a qual advém de um exaustivo treino que muitas vezes se desenvolve desde a infância na ansia de compreender a coerência entre aquilo que lhes é dito verbalmente e o que lêem dos sinais não-verbais.

Um outro aspeto determinante refere-se à especial relação do “precavido” para com a autoridade, em que esta e as regras são para serem respeitadas acima de qualquer preço até que a mesma não seja merecedora desse respeito. Se esta é uma questão sensível a qualquer Ser Humano, ela é intransponível para as pessoas com personalidade predominante do Tipo 6.

Saliente-se que a predominância para o confronto e questionamento atravessam o âmbito da autoridade. Na verdade este é um mecanismo ingénuo que pode alastrar às pessoas que mais gosta. Uma procura por garantir a confiança naqueles que mais aprecia, testando-os com frequência de forma simples e assim poder observar as suas reação e com isso depreender se essas desconfianças são infundadas. Este é, no íntimo, o seu desejo: apenas garantir que pode continuar a confiar.

A conduta precavida de pessoas com personalidade dominante Tipo 6 é algo fundamental no planeamento do nosso dia-a-dia. O seu sentido gregário e postura orientada para a união dos grupos são aspectos fundamentais que transformam ambientes empresariais e sociais em meios mais estáveis e confiáveis. O seu equilíbrio passa por ver igualmente a parte positiva da vida, alimentando a sua disposição para a ação e encontrando o seu equilíbrio e estabilidade pessoal.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.