Programação Neuro Linguística – PNL

Pressupostos desta vertente da Neurociência

No mundo fantástico da Programação Neuro Línguistica

A Programação Neuro Linguística presume que o “Mapa” não é o território.

Coaching Transformacional é tecnicamente sustentado em PNL

 

As pessoas criam suas próprias realidades de acordo com suas experiências de vida, crenças, valores e memórias.

Portanto o “mapa” é a percepção de cada um enquanto o território é a realidade.

 

Toda a pessoa tem seu próprio “mapa” do mundo.

Há uma diferença incontestável entre a realidade e a experiência de realidade vivida por uma pessoa;

A realidade não limita a pessoa! O que a limita, são as escolhas disponíveis percebidas através do seu “mapa”.

A pessoa tem todos os recursos necessários para qualquer mudança desejada.

A pessoa comunica em 2 níveis: Consciente e o Inconsciente.

O resultado da comunicação é a resposta que ela obtém, independente da intenção!

A responsabilidade da comunicação é do comunicador.

Não existem fracassos na comunicação, apenas “feedback”.

Os indivíduos aptos para maior variabilidade de comportamento (flexibilidade) têm maior probabilidade de deter o controle (variabilidade comportamental requisitiva).

A intenção de todo e qualquer comportamento é positiva para a pessoa.

“Rapport” é ir encontrar a pessoa dentro do modelo do mundo dessa pessoa, validando o mapa da pessoa. É entrar na “pele” do outro, criando Empatia.

Memória e Imaginação utilizam os mesmos circuitos neurológicos e possuem potencialmente o mesmo poder de impacto.

Modelar o desempenho de sucesso conduz a eficácia, à excelência e à genialidade. Seguir exemplos de sucesso na área pretendida.

Quando mudamos, podemos mudar as pessoas à nossa volta.

Se continuas a fazer o que sempre fizeste, continuarás a obter os resultados que sempre obtiveste.

Quando fores bem sucedido ao fazer algo, fá-lo diferente. O sucesso pode impedir-te de seres flexível.

O Sucesso é tão limitante para a criatividade quanto o Fracasso.

 

Programação Neuro Linguística

 Outros princípios básicos:

A percepção que temos do mundo é uma projeção pessoal resultado da nossa própria história feita de memórias, valores, convicções, caráter

O sistema nervoso central não conhece negações, quanto mais lutamos contra o que não queremos mais o recebemos de volta

Convicções são profecias auto realizáveis; convicções limitadoras produzem resultados limitados, convicções ilimitadas produzem resultados ilimitados

Estar do lado da causa é auto responsabilizar-se pela “condução do autocarro da sua vida”; de outro modo é estar do lado do efeito, desresponsabilizar-se culpando os outros

Toda a aprendizagem, comportamento, transformação, são de natureza inconsciente

 

Resumindo:

  1. O significado da comunicação é a resposta que se obtém
  2. Corpo e mente influenciam-se um ao outro, são uma unidade cibernética
  3. O mapa não é o território (as palavras que empregamos não são os acontecimentos ou assuntos que representam)
  4. A informação mais importante sobre alguém é o seu comportamento
  5. O comportamento é transformável e o comportamento actual é a melhor escolha que se tem no momento
  6. O comportamento de alguém não é a pessoa (aceite a pessoa, transforme o comportamento)

  7. As pessoas têm todos os recursos de que necessitam para ter sucesso (não há pessoas sem recursos, há pessoas que não empregam os seus recursos)
  8. Sou o dono da minha mente e portanto dos meus resultados
  9. O “sistema” (a pessoa, a organização) com o comportamento mais flexível dominará o sistema, quer dizer, quanto mais escolhas mais efectivo é o modelo do mundo
  10. Errar não existe, só existe feedback
  11. Resistência num ´cliente´ é sinal de falta de “rapport”. Não há clientes de má vontade, há sim comunicadores inflexíveis
  12. Todos os procedimentos devem ter como fim aumentar as possibilidades de escolha
  13. Todo o comportamento e toda a transformação devem ser avaliados em termos de contexto e ecologia
  14. Tudo tende novamente para a união e para que se torne uma totalidade em nós

  15. É assim, as coisas são como são (não se trata de resignação, só a partir daí a mudança é possível)
  16. Recebemos de volta aquilo em que nos focalizamos (dirija-se portanto àquilo que quer, e não ao que não quer)
  17. Convicções determinam resultados
  18. Funcionalidade é mais importante que verdade
  19. Toda a experiência tem uma estrutura e esta estrutura é transformável

  20. Generalizações são “aldrabices” (e podem ser muito limitadoras)
  21. Organizamos a nossa representação imaginária do mundo através da linguagem
  22. Cada um é livre de tirar as suas próprias conclusões (que podem ou não ser ilimitadas ou limitadoras)
  23. Representamos o mundo através dos nossos sentidos
  24. Um indivíduo é um aglomerado de “partes”, muitas vezes em conflito
  25. “Ser capaz de” é uma questão de estratégia
  26. Todo o comportamento tem uma intenção positiva, é tudo uma questão de encontrar o comportamento adequado para realizar a intenção.

 

Profundidade - o inconsciente

O inconsciente – Rege a Vida?

 Sobre o inconsciente em cada um de Nós… O inconsciente…Carl Jung disse uma vez que… “até  tornares consciente o inconsciente, ele direcionará a tua vida e irás chamar-lhe Destino.”   E como o faz? Armazena recordações de forma cronológica e intemporal É o terreno das emoções Ordena as emoções na “linha do tempo”e nas “ gestalt” …

Alguns Príncipios de PNL

Primeiro acompanhar, depois conduzir. (Leading/Pacing) O óbvio é o que menos se vê. A pessoa aprende através dos seus “erros”. O sucesso confirma o que a pessoa já sabe. Potencie os seus pontos fortes. Treine os seus pontos fracos. Só fazem contigo aquilo que Tu permites que façam. Felicidade e competência são atributos da tua …

Conceitos de Aprendizagem em PNL

A Programação Neurolinguística identifica as quatro etapas da aprendizagem da seguinte forma: 1. Incompetência Inconsciente: A pessoa é incompetente inconsciente quando descobre até mesmo a existência de algo. A pessoa não sabe que não sabe. Quando tem conhecimento que esta tarefa existe, então, passa para a segunda etapa da aprendizagem. 2. Incompetência Consciente: Agora que sabe que a tarefa existe, a …

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.