As Coisas Que Todos Precisamos Numa Relação

Relação! É importante porquê, afinal?

Mulheres e homens, tenham isto em atenção:

Primeiramente, nenhuma das “coisas” referidas nos outros posts são exclusivas de serem desejos ou necessidades femininos e/ou masculinos.

Obviamente, todas as “coisas” mencionadas são puras necessidades humanas. Pensem nisso quando lerem quaisquer “listas” que separem homens e mulheres, dicotomicamente.

Acima de tudo, homens são pessoas … mulheres são pessoas … e há muito mais que nos liga do que nos separa.

E isto porque…

O amor desperta-nos para o Dom da Vida!

Se hoje fosse o teu último dia na terra, o que dirias às pessoas que amas?

Há muita emoção na área das nossas vidas que chamamos de relacionamentos. E a razão de toda essa emoção é que tendemos a tornar os relacionamentos em casos de vida e morte.

E fazemos isso porque, sempre que entramos numa relação temos de enfrentar os nossos medos mais profundos.

Os nossos parceiros, íntimos e familiares, os amigos, os filhos, os nossos pais – aqueles com os quais nos importamos mais profundamente – são os espelhos mais vívidos que a vida tem a oferecer.

Uma relação reflete de volta o nosso condicionamento, as necessidades instintivas e os nossos sistemas de crenças. É por isso que concordo plenamente:

a qualidade da tua vida é realmente a qualidade dos teus relacionamentos.

Por essa razão, não é de admirar que os relacionamentos sejam tão importantes para nós. E é também a razão pela qual os nossos relacionamentos carregam consigo uma carga tão forte. Consequentemente devemos “neutralizar” as cargas negativas que trazemos ao amor puro.

Uma das grandes verdades é que se pode resolver qualquer coisa com os que amamos se deixarmos cair a carga da culpa.

Seguramente, toda a relação nos oferece a oportunidade de aprender alguma coisa, incluindo as coisas que nos deixam com raiva, frustrados ou com medo. Essas dificuldades não vêm dos nossos parceiros! Elas vêm do nosso condicionamento, impressões do passado e dos nossos mapas do mundo.

E é desse mapa do mundo que vêm todas as expectativas que temos de nós mesmos e dos nossos parceiros. As dificuldades vêm das nossas próprias regras e expectativas e das histórias de culpa que contamos.

(Enquanto Coach de Relacionamentos, parte do meu trabalho é encontrar esse Mapa do Mundo do meu cliente e juntos tomarmos consciência dos tesouros e armadilhas que ele sempre apresenta. Seguidamente, acrescentamos mais referências a esse Mapa, para que as armadilhas sejam mais vezes evitadas, e mais tesouros encontrados.)

Portanto:

Pensa nisto todos os dias:

Se soubesses que hoje era o teu último dia na terra, o que comunicarias aos teus amados?

Como amarias?

Que histórias deixarias de contar?

Se tivesses o luxo de os ver pela última vez, o que não valeria mais a tua preocupação?

Não desapareceriam os transtornos que tens com aqueles que amas se soubesses que esse foi o último momento que terias com eles?

Aceita o desafio de viver de acordo com essa verdade maior hoje e todos os dias!

A mágoa vem do amor que forçamos o nosso coração a reter. A dor vem de punir os nossos parceiros. O vazio é resultado da superficialidade  Por isso mesmo, não é amor.

Acima de tudo, uma relação é um lugar onde vamos dar algo, não um lugar onde vamos para satisfazer as nossas necessidades.

DEIXA O AMOR ACORDAR-TE PARA O PRESENTE DA VIDA!

Decide como vais dar um passo em frente!

Quem estás disposto a tornar-te para aqueles que amas?

Como estarias a pensar, sentir e a agir se este fosse o último dia que tinhas junto com eles?

Não tenhas pressa, mas não percas tempo

José Saramago

Reforça a tua relação com…

Finalizando, se te encontras num momento específico da tua vida e procuras tomar a melhor decisão;

Estou aqui para ti: Conhece-te. Confia. Conquista

(O meu programa de coaching para relacionamentos equilibrados e sustentados, especialmente o que tens contigo)

Até já, o primeiro dia do resto da tua vida.

1 comentário

    • Claudia Figueiredo on 27 Dezembro, 2018 at 19:20

    Parabéns adorei a mensagem, desejo-te muito sucesso, mereces.
    Rosa Maria e Claudia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.